terça-feira, 27 de abril de 2010

Cinta Liga!



 Cinta liga um acessório que desperta desejos nos homens e nas mulheres de formas diferentes, e pra quem curte o estilo pin up sabe que é impossível viver sem ela ,existem vários formatos dos mais simples aos mais arrojados,incorporados em camisolas ,em calcinhas e também sozinhas veja abaixo de onde surgiu as maravilhosas cintas ligas.


Um acessório sensual muito usado na década de 20 foi a cinta-liga, criada para segurar as meias 7/8. Dançarinas do Charleston exibiam suas cintas-ligas por baixo das saias de franjas, enquanto se sacudiam ao som frenético das jazz-bands. Ainda nos anos 30, a cinta-liga era o único acessório disponível para prender as meias das mulheres, que só tiveram as meias-calças à sua disposição a partir da década de 40, com a invenção do náilon em 1935.


bjinhos cherriés!

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Pin Ups Girls Brasil

Gentem...
A Mademoiselle Pri  querisíssima me apresentou o Pin Ups Girls Brasil, é tipo um blog ou site onde você tem seu próprio espaço dá pra adicionar fotos e tudo mais é super legal muito bem elaborado.
Vai ai o endereço pra vocês:
http://pinupgirlsbrazil.ning.com/

Banner oficial!
Divirtam-se façam sua página lá eu ja tenho a minha!
Beijinhos Cherries!

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Vintage X Retrô

Vintage é uma palavra cuja origem ou significado em inglês vem de “vint” relativo à safra de uvas e “age” de idade. Utilizado para designar as melhores safras, o termo acabou por representar também o melhor de sua época. Convencionou-se chamar de vintage os produtos dos anos 50, 60 e 70 que viraram uma referencia no seu tempo, tais como: carros, relógios, guitarras, móveis, roupas, etc. Ou seja quanto mais velhor melhor um ótimo trocadilho!
 
 Retrô ,retorno a estilos do passado, sugerindo a tentativa de recuperar glórias de outras épocas ou de outros povos. Termo principalmente usando na área da moda.
 

O termo retrô (re-tro, e em inglês retro) significa para trás. Tá, você deve estar pensando que tudo está relativo ao velho, e qual é a diferença? Vamos exemplificar: Imagine você indo ao brechó e dá de cara com uma maravilhosa peça (roupa, acessório, objeto de decoração) da idade da sua avó ou mais antiga ainda em perfeito estado. Isso é vintage! É algo antigo que fez sucesso em uma determinada época e que ainda vive... digamos assim. Já o Retrô seria um lançamento de algo influenciado por uma peça vintage, totalmente repaginados. Aqui não se trata unicamente de moda e bobagens fashions, mas é relativo a tudo. Se vintage é você ir a um brechó e dar de cara com um fiel vestidinho anos 50, retrô é você ir no shopping e ver um relançamento de um vestidinho, no mesmo estilo daquele anos 50 lá do brechó.

Mas sempre fica aquela perguntinha no ar “O que é melhor ser vintage ou ser retrô?” já que é basicamente impossível viver nos dias de hoje sem uma pegada das antigas ;) Sem algo do velho incorporado ao novo, seja na música ou nas artes em geral e principalmente na moda. Eu adoro coisas antigas e genuínas mas não abro mão de nada novo que me transporte ao velho. Outras pessoas sempre associam o vintage ao início do séc 20 até os anos 30 e retrô aos anos 40,50 e 60, Já percebi isso diversas vezes. Mas acho que já entenderam o porque da minha frase no making of a pin-up “Diário de uma mulher vintage e 100% retrô”. Para ser considerado algo retrô é necessário no mínimo 20 anos diferença com a nossa época atual.

Resumindo: O vintage é algo velho com cara de novo e o retrô é algo novo com cara de velho. Quem é vintage é retrô e quem é retrô é vintage. 


By Mademoiselle Priscilla!

Cherries and Peppers: