terça-feira, 29 de setembro de 2009

Einsenbahn Lust! Entre as 100 melhores!


Na última edição da revista americana Imbibe a Eisenbahn Lust entrou entre as 100 melhores cervejas do mundo por ser uma cervjera rara (primeira no Brasil) que incorpora o método de champenoise em sua fabricação.
Primeiramente passa por uma fermentação na fábrica da Eisenbahn com leveduras Belgas especialmente selecionadas, após esse processo ela é enviada à uma vinícola onde é adicionado açúcar e leveduras de vinho e armazenada em garrafas de espumante para a segunda fermentação. Depois dessa fermentação ela fica descansando por um mês e passa pelo processo de remuage onde a garrafa é girada 45 graus duas vezes ao dia, fazendo com que a levedura se deposite no gargalo da garrafa. Então é congelada para a levedura se separar do líquido, e com a própria pressão da garrafa quando aberta, a levedura é expulsa. Agora sim, depois de um longo processo ela está pronta para ir ao consumidor.
Essa iguaria apresenta uma espuma cremosa, aroma frutado e muito refrescante na boca.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Skin Heads! Tradição e polêmica! A verdadade!

Simbolo Oi!
Oi e stret punk!

Galera skin todas as rças!
Skin heads girls!

Símbolo trad !


Skin head girls!
Bem..., eis aqui um assunto polemico, mas não pra quem realmente conhece a cena e sabe das suas origens, mas infelizmente a grande maioria das pessoas (a Sociedade em si) segue as doutrinas televisivas impostas pela midia sensacionalista, a imprensa marrom e os programas de Tv que sempre usam a palavra "Skinhead" de maneira pobre e incriminatoria, relacionando esta cultura a vandalismo, violencia e racismos em geral! O nascimento da cultura Skinhead veio de uma fusão, a união de outras duas culturas:


# Mod Inglês: pra ser mais exato o Hard Mod (1966), que nada mais era que um Mod mais rueiro, roupas do dia a dia, simples e que tinha um ideal operariado visto sua condição social e de trabalho, gostava de uma boa confusão (brigas com Rockers e Hippies, posteriormente em Estadios), frequentava jogos de football e pubs nos finais de semana!


# Rude Boy: eram os imigrantes marginalizados que chegaram na Inglaterra em busca de uma vida melhor, levaram com eles sua cultura musical e estetica que logo foi incluida a cultura dos Hard Mods, trabalhavam tambem em empregos operariados e se indentificaram com os mesmos por isso, em pouco tempo Hards e Rudes seriam um grupo só, nas festas e pubs! Em 1966 a cena Mod ficou dividida, dando origem a cena Psicodelica com roupas coloridas e cabelos longos, a outra parte que eram os Hard Mods deram sua resposta deixando seus cabelos mais curtos que o normal e ganharam o nome de Skinheads por isso, neste periodo a musica Jamaicana já era uma realidade, os primeiros Mods (1964) espalharam o estilo por todo o País e juntamente com a musica negra americana (Blues, Soul, R&B) já se fazia presente nas festas onde Hard Mods (vide Skinheads) e Rude Boys se misturavam pra dançar! (Tu consegue ver racismo nisso????)
Em meados da decada de 70 que começou a palhaçada, um partido politico Britanico desorientação ultra-direitista e racista, conhecido como National Front ou British National Front (NF) que tinham uma postura anti imigrantes e homossexuais acolheram alguns jovens também de orientação racista, esses jovens por sua vez usando (roubando) o visual Skin sairam as ruas em atividades anti raciais usando do abuso e violencia, sabendo que tinham como apoio politicos que davam total segurança a seus atos! Também faziam protestos racistas chegando assim a midia, essa por sua vez determinou que aqueles ali eram Skinheads Neo-Nazistas, sem separa uma coisa da outra, e assim a Sociedade se fez acreditar, isso influenciou mais jovens negativamente por toda Europa e America do Norte, no Brasil os focos são menores, mas estão ai! É muito importante se informar antes de dizer besteira, jornalistas formados, que gastam horrores na faculdade pra no futuro só usarem seus diplomas como enfeite na parede da mamãe - termino esse post com a seguinte frase: "O pior analfabeto é aquele que sabe ler, mas não lê."


O movimento Skinhead acabou fatalmente sendo mais impulsinado pelo lado masculino, visto que os anos 60 ainda existia um lado machista até dentro das culturas e cenas, outro diferencial foi a continuidade, o Skins foi uma evolução do Hard Mod, já a Skingirl ou eram as irmãs do Skins ou suas namoradas, a maioria das Mod Girl (66 a 68) acabaram indo pra cena Psicodelica e posteriormente virando Hippies, mas fora isso as mulheres sempre tiveram um papel muito importante na abertura libertação sexual dos anos 60, através das conquistas nas areas trabalhistas e sociais. As Skinhead Girls, também são conhecidas com "Chelsea Girls", por causa do corte de cabelo, corte esse conhecido como "Feather Cut" (raspado atras, exeto franja e laterais), no visual as marcas classicas foram praticamente as mesmas usadas pela gurizada: Camisas e Vestidos da Ben Sherman, Polos e Vestidos da Fred Perry, Casaco Crombie, Monkeys Boots (Dr Martens), raramente usavam suspensorios, calça Levis ou saia! Outro termo conhecido para elas é "SkinByrds", associado as meninas que não tinham um visual tão agressivo (tentando parecer com os meninos), usando tennis adidas ao invês de Botas "Dr Martens" e o cabelo um pouco mais comprido! Depois do final da cena Skin em 70, teve o surgimento dos Suedeheads e Smooths, as meninas seguiram essa evolução e foram chamadas de Sorts, seguindo a mesma linha estetica que tinham quando SkinGirls - infelizmente não existe nenhum documento acessivel relacionado a elas! Na segunda metade dos anos 70 mais duas cenas nasceram interligadas a cultura Skin: as Knucle Girls - que é uma versão Hoolligan feminina, e bem fiel, elas saiam para os jogos pra bater e chegaram a montar pequenas gangues de torcedoras para se encontrar nos pubs - e as Rude Girls que chegaram junto com a cena 2Tone, que tinham uma ideologia anti racista vide a propria proposta que as bandas colocavam em suas letras!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Unhas e Esmaltes para Pin Up Girl!!!!!

Pin up fazendo as unhas...
Formato perfeito para unhas de pin up! Coleção de esmaltes da Risqué , sete vermelhos capitais, combinam com o look pin up!


Gabriela da Risqué!





Volúpia da Risqué!

Trindade da Dote!



40 Graus da Colorama!




Olá meninas!
Então hoje vim passar umas dicas pra quem admira o estilo pin up, ou pra quem tbm quer mudar!
Então as unhas quadradas , ganharam o espaço no fim dos anos 80 para o começo dos anos 90, ai a moda pegou e só se ouve até hoje nos salões a preferência por deixar quadradinhas as unhas, mas como sou uma garota vintage, procuro manter minhas unhas como antigamente , e como as pin ups usavam, por isso ai vão as dicas:
1. Fazer sempre as cutículas,hidratar as mãos é o primeiro de tudo, usar sempre um ultrabrilho em baixo do esmalte para fixar a cor e lambuzar bem as laterais para facilitar a limpeza dos cantos.
2. Lixar as unhas , de preferência com a lixa de cristal, ela é meio difícil de se adaptar parece que não lixa mas lixa e sem escamar as unhas, lixar as unhas pelos cantinho e ir arredondando do lado para cima sempre dando o contorno como meia lua, até ela ficar arredondada e pontudinha, se observar as unhas das Barbies são assim!
3. Por último aplicar o esmalte de preferência vermelho ou tons similares, puxados para o rosa, melância , tomate, vinho , aqueles rosas pasteis bem retrôs e cintilantes tbm valem para o visual bem antigo!
4. Para fixar melhor o esmalte e durar aplicar novamente o ultra brilho , tirar os excessos e aplicar spray secante, pronto vc esta com suas unhas bem Pin up!






segunda-feira, 21 de setembro de 2009

A Curitibana e pin up, Genise Strapasson na entrevista a Isto É!

Genise Strapasson,linda, querida e curitibana!!!A Garota do Calendário! Pin up!


Dita Von Teese!






Kate Perry!



As novas pin-upsElas resgatam o estilo e a atitude das divas dos anos 50 e já influenciam a modaClaudia Jordão


DIA E NOITE Katy Perry se veste como pin-up da cabeça aos pés no dia a dia e nos shows
Elas parecem ter saído do túnel do tempo. Em tempos de escova progressiva, usam bobes para estruturar os cachos. Deixam o jeans de lado, para se jogar nos vestidos de cintura marcada, blusas de manga bufante e calças cigarretes. Para arrematar o visual, sapatos peep-toe (aqueles abertos na frente, que geralmente denunciam unhas vermelhas). Inspiradas em musas americanas dos anos 40 e 50, como Bettie Page, Rita Hayworth e Marilyn Monroe, mulheres de nossa época estão se vestindo e se comportando como se vivessem no passado e fossem verdadeiras pin-ups. De moças comuns a estrelas internacionais.
GAROTA DO CALENDÁRIO Genise Strapasson se prepara para lançar uma folhinha nos moldes de antigamente


As cantoras britânicas Amy Winehouse - que tem olhos delineados, vestidos acinturados e compõe e canta música com forte influência dos anos 50 - e Katy Perry são exemplos fiéis. A performer americana Dita Von Teese, estrela dos shows burlescos, que outrora deram fama a muitas divas, também é uma referência moderna. O movimento é tão poderoso que as novas representantes já influenciam a moda, da francesa Chanel à brasileira Dijean, de calçados populares, que acaba de lançar uma linha temática.


As novas pin-ups unem informações estéticas de ontem - destaque para os cabelos ondulados, as franjas curtas, as roupas que valorizam as formas, os chapéus e os óculos estilo gatinho - com outras de hoje. "Não sou bitolada", diz a sommelier curitibana Genise Strapasson, 31 anos. "Não esqueço que vivo no século XXI." Há sete anos, Genise aderiu à tendência. Para isso, tem a ajuda de um costureiro, que copia roupas de ilustrações antigas. Os acessórios, garimpa em brechós e lojas.


Seu cabelo é moldado com bobes do tempo da vovó. Mas não é todo dia que a sommelier sai montada dos pés à cabeça. "Me produzo mais para sair à noite ou para os ensaios fotográficos." Fotografar para postar na web é uma mania entre as pin-ups contemporâneas. A rede mundial funciona como os pôsteres e calendários de antigamente, que traziam as musas em poses sensuais e eram carregados como troféus por soldados americanos que partiam para a Segunda Guerra. O termo, inclusive, vem de "pendurar em", já que as imagens eram pregadas em paredes.



FRANJA E FORMAS A dançarina Dita Von Teese retomou os shows burlescos, apresentações de strip-tease que renderam fama a muitas pin-ups no passado
As pin-ups têm mudado ao longo do tempo. Nos anos 40, eram retratadas em ambientes de trabalho ou militares. Isso porque, nos países aliados, as mulheres trabalhavam em fábricas enquanto os homens lutavam na guerra. Na década seguinte, se tornaram mais vaidosas e submissas, pois representavam as esposas que recebiam seus maridos de volta - e esqueciam que um dia haviam trabalhado pesado. Mas nem todas gostaram dessa nova condição. Por isso, na década de 60, iniciou-se a revolução sexual. O universo das pin-ups vai muito além do colorido da roupa e da maquiagem. Para mergulhar nesse mundo, é preciso estudar. "Levamos a sério", diz a produtora musical carioca Maria Clara Mallet, 24 anos, pin-up há três. "Por isso, nos preocupamos quando vemos que o estilo está virando moda, temos receio de ele se distorcer demais."


Mas o que faz a tendência tão forte? A historiadora americana Maria Elena Buszek, da Universidade de Kansas City e autora do livro "Pin-up Grrrls: Feminism, Sexuality, Popular Culture", acredita em resgate de valores. "As mulheres atingiram o ápice de suas conquistas sexuais, sociais e profissionais", diz. "E sua imagem está cada vez mais erotizada." Para ela, as pin-ups modernas querem parecer poderosas, mas de uma maneira menos explícita. Com isso, as da década de 50, que na época eram consideradas mero objeto sexual, hoje são vistas como peça-chave na emancipação feminina. Afinal, foi a primeira vez que a mulheres deixaram de ser somente desejadas, para também seduzir.


Além de se vestir como as pin-ups de décadas atrás, a nova geração se inspira na maneira como suas antecessoras olhavam, andavam e se portavam. As pin-ups de antes eram sensuais sem ser pornográficas, tinham atitude sem cair na vulgaridade e caminhavam para a total emancipação, sem perder o foco no sexo oposto. "Elas surgem com um comportamento mais fino, elegante, clássico", diz Genise. "Em tempos de mulheres-frutas, questionam o papel e a imagem feminina." É um caso a se pensar.
Entrevista do dia 18/09/09
Obs: Um mimo pra vc Gê, vc arrasou levando nossa voz ao mundo,minha new style pin up, preferida te admiro linda!!!!!!!!bjos!

O Fantástico Mundo das Cerejas!

Cherries!





Máscara facial,Maquel!



Sabonete e loção hidratante ,Florence!




Gel corporal com gliter! Linha Ideal , Todo dia!












Gel do beijo!







Linha Fruttini, a mais linda!








Hidratante Iluminador Yes!









Loção hidratante ,Amazon Plants!










Sabonete em barra, Vegan!





Trio shampoo,Condicionador e Hidratante corporal OX!











Shampoo, Basic!




















Sabonete em barra Davene!














Perfume Lolita Lempicka!















Sabonetes em barra, Natura!
















Perfume Rauph Lauren!










Óleo para massagem sensual, Sensation!

























Óleo para massagem sensual, Jelly Well!










Iogurte hidratante corporal, Racco!













































Lubrificante Íntimo ,Jells!




























Perfume ,Humor 5 Natura!























Shampoo , Julie Burk!


















































Linha Ideal, Flores E Frutas!



















E até Gel dental, Contente!


































Condicionador ,Julie Burk!




















































Sabonete líquido, Dove!




































































Creme sensual corporal, Shunga!
































Body splash e hidratante corporal, Avon Naturals! Gentem...
Eu tenho um caso de amor com cerejas e com pimentas tbm, tanto o comestível em si, quanto a figura e os produtos dos mesmo!
Fiquei pasma com a quantidade de produtos que encontrei a base de cereja o da flor dela, queria provar de tudo amo coisas com cheirinhos gustativos, mas de cereja , hum, adoro mesmo, linhas até importadas como é o caso da Fruttini, e outra que eu não acho completa a da OX, mas amei tudo e tem até gel dental, vou tentar encontrar tudo , as únicas coisas que tenho e a linha da Avon , tive os sabonetes em barra da Natura, e tenho o perfume Humor 5, o sabonete líquido Dove tbm, mas o resto eu tenho que achar!!!!!!!
E ai ,o que vcs conhecem mais com cheirinho , ou a base da fruta ou da flor da cereja?

































Cherries and Peppers: