sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Um Tinto, uma forca


Um tinto, uma forca, é preciso escolher
Um drink no inferno pra quem quer beber
O fogo me altera e me leva a crer
Que tudo que fiz me afastou de você
~~
Lembranças erradas nem quero pensar
Perdi a viagem, não vou mais voltar
Um rastro de morte eu deixei pra trás
Um resto de vida, que falta me faz
~~
Minha saga não apaga
As lágrimas que fiz verter numa linda mulher
Nossa casa abandonada
Pedaços de sonhos que ambos deixamos voar
~~
Um tiro no escuro, uma bala na mosca
O alvo destino de todas as flechas
Não tenho pecados, mas quero morrer
Um tinto, uma forca, é preciso escolher.
~~
DeeDiedrich/Luiz Ferreira/Renato Quege
~~

Nenhum comentário:

Cherries and Peppers: